Fundação Pró-Memória de São Carlos

Fundação Pró-Memória de São Carlos

Tombamentos Estaduais em São Carlos

ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DE SÃO CARLOS E MAIS SEIS IMÓVEIS SERÃO TOMBADOS PELO CONSELHO ESTADUAL DE PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO


O CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico de São Paulo) publicou no Diário Oficial do Estado de 1º de Julho a aprovação do relatório de tombamento de vários imóveis localizados na cidade de São Carlos.

O relatório pediu o tombamento dos seguintes edifícios:

 

- Estação Ferroviária de São Carlos, sede da Fundação Pró-Memória;

- Palacete Bento Carlos, localizado na Rua 13 de Maio;

- Prédio da Societá Dante Alighieri, hoje ocupado pelo CDCC-USP;

- Edifício Euclides da Cunha, antigo Fórum e Cadeia, hoje sede da Câmara Municipal;

- EEPG Eugênio Franco, segundo grupo escolar criado em São Carlos no começo do século XX;

- Praça Cel Paulino Carlos, antigo Jardim Público, de fronte à Catedral de São Carlos;

- Palacete do Visconde da Cunha Bueno, localizado na Rua 13 de Maio.

 

Segundo a legislação estadual de preservação, aos edifícios tombados ou em processo de tombamento é assegurada, desde o início da tramitação, sua preservação até decisão final da autoridade competente, ficando proibida qualquer intervenção que possa vir a descaracterizar os referidos bens, sem prévia autorização do CONDEPHAAT, podendo ser punido com ações penais, administrativas e civis.

Os trâmites para a publicação da Resolução que tombará definitivamente os edifícios são-carlenses estão em andamento e deverão ser publicados em breve.

 

 

Topo