Fundação Pró-Memória de São Carlos

Fundação Pró-Memória de São Carlos

Visita do Centro Pop à Fundação Pró-Memória

Nesta sexta feira, 27 de janeiro, os usuários e a equipe técnica do Centro Pop de São Carlos fez uma visita guiada à Fundação Pró-Memória, apreciando a exposição "Somos Esporte!" do Museu de São Carlos e à maria-fumaça estacionada na plataforma da estação ferroviária.

Desde 2016, a Pró-Memória e o Centro Pop têm realizado atividades em parceria nos atendimentos dos usuários. O Centro Pop é um órgão da secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social que atende pessoas em situação de rua e tem nessas atividades diversas com os usuários do serviço uma forma de valorização e reconhecimento do meio em que convivem.

 

 

 

Concurso de Monografia 2016 - 2017

Teste

CONCURSO DE MONOGRAFIAS DA FPMSC CONTINUA COM INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ JUNHO DE 2017

O tema dessa edição é “São Carlos através dos espaços públicos: permanências, transformações, novos desafios” e as inscrições estão abertas até 09 de Junho de 2017. A temática busca abordar a formação da cidade com o olhar específico sobre os espaços públicos. Nesta edição, procura-se estimular uma reflexão sobre a temporalidade, onde o desafio para o autor é, além de analisar as questões histórica poder confrontar e discutir as relações do passado com o presente e o futuro da cidade.

Procuramos lançar um tema que permita uma reflexão ampla de diferentes áreas do conhecimento. Os aspectos físicos e urbanísticos, as relações sociais, as questões ambientais, são alguns dos enfoques que esperamos que sejam abordados”, esclarece Mariana Arruda Camargo Lucchino, arquiteta da FPMSC, membro da Comissão Organizadora.

O objetivo do concurso é incentivar a produção de trabalhos que abordem a história do município, levando a comunidade a conhecer e a entender seu papel na construção da história da cidade. “O atual concurso de monografias possibilitará uma importante interface entre a vivência social atual dos espaços públicos com aquele de outrora, palco de protagonismos pessoais, culturais, políticos, entre outros”, reafirma Bruno Luiz Turci, advogado, diretor-presidente da Fundação Pró-Memória de São Carlos.

O Concurso de Monografia da Fundação Pró-Memória de São Carlos tem sua nona edição no biênio 2016-2017. O edital pode  ser acessado aqui.

Mais informações pelo telefone (16) 3373-2700, ramal 209, ou pelo e-mail:

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Anita Prestes Visita a Fundação Pró-Memória de São Carlos

A historiadora Anita Prestes, filha do líder político Luís Carlos Prestes e Olga Benário, esteve na manhã de hoje, 16 de janeiro, na Fundação Pró-Memória para conhecer o trabalho da instituição e visitar o Arquivo Público e HIstórico e o Museu de São Carlos. Anita está na cidade para encaminhar a doação de arquivos pessoais e da biblioteca de seu pai à Biblioteca Comunitária da UFSCar.Ao final da visita, Anita Prestes elogiou o trabalho da Pró-memória, destacando a importância das atividades aqui desenvolvidas.


Luís Carlos Prestes e Olga Benário

Luís Carlos Prestes foi um militar e líder político atuante desde os anos 1920, quando conduziu a conhecida Coluna Prestes durante os levantes tenentistas. Nos anos seguintes foi secretário-geral do PCB, tendo viajado para a União Soviética, de onde retornou com sua companheira Olga Benário, judia alemã, em 1934. Durante a ditadura Vargas (1937-1945), Prestes foi preso e Olga deportada para a Alemanha nazista, onde teve sua filha Anita - resgatada pela avó, mãe de Prestes; em 1942, Olga foi morta em um campo de concentração alemão. Nos anos seguintes à guerra e a ditadura Vargas, Prestes continuou sua carreira política e como líder político, entrando e saindo da clandestinidade devido aos momentos políticos enfrentados no Brasil desde então. Durante os anos 1970, Prestes esteve exilado na União Soviética, retornando ao Brasil em 1979. Luís Carlos Prestes faleceu em 1990.

 

Alunos da UFSCar Visitam o Museu de São Carlos

ALUNOS DA BIBLIOTECONOMIA DA UFSCAR FAZEM VISITA TÉCNICA AO MUSEU DE SÃO CARLOS

 

Os alunos do curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação da UFSCar realizaram visita técnica ao Museu de São Carlos nessa quinta feira, dia 5 de janeiro de 2017. Os visitantes foram recebidos pelo Museólogo da Fundação Pró-Memória, Phrancis Sales, que além de guiar a visita à exposição em cartaz - Somos Esporte! São Carlos e as práticas do corpo - realizou um debate sobre técnicas para a exposição de objetos, tema de estudo dos estudantes presentes à visita.

O Museu de São Carlos, gerido pela Fundação Pró-Memória, recebe visitas guiadas e visitas técnicas a partir de agendamentos prévios através do telefone 3373-2700, ramal 313, ou pelo e-mail:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Visita do CAPS ao Museu de São carlos

Hoje recebemos a visita do Centro de Atenção Psicossocial, o CAPS. Nesse contexto, além de sua função educativa, o museu assume para si outra função social. Essa função passa pelo exercício da inclusão social através da apropriação do espaço do museu pelos indivíduos como espaço aberto, público e disposto a todos os públicos que se inserem e são inseridos no universo museal. Adentrar os espaços culturais, não somente um museu, significa inserir-se em um espaço de compartilhamento de experiências onde todos são agentes ativos na construção de uma cultura mais democrática e inclusiva. O Museu de São Carlos está de portas abertas e de braços abertos para receber você!

 

 

Curtam a página do Museu de São Carlos: https://www.facebook.com/museudesaocarlos/

 

Tombamento da Estação Ferroviária de São Carlos

ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DE SÃO CARLOS É TOMBADA PELO CONSELHO DE PATRIMÔNIO MUNICIPAL

 

No dia 15 de dezembro de 2016, através da Resolução nº2 publicada no Diário Oficial de 23 de dezembro, o Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico e Ambiental de São Carlos (COMDEPHAASC) decidiu pelo tombamento do conjunto arquitetônico da estação ferroviária da cidade, sede da Fundação Pró-Memória. O prédio de mais de 130 anos é um marco nas transformações econômicas, sociais e culturais do Município a partir das últimas décadas do século XIX.

Um extenso relatório de pesquisa foi executado pelas divisões de Pesquisa e Divulgação e de Preservação do Patrimônio da Pró-Memória, expondo o impacto da ferrovia em São Carlos e suas transformações em diferentes fases de sua história. A pesquisa ainda possibilitou dar luz a novos eventos e informações sobre o sistema ferroviário na cidade, ampliando e consolidando o conhecimento sobre ele.

Com o tombamento, o complexo ferroviário da estação de São Carlos passa a ser protegido legalmente e qualquer ação sobre ele deve ser aprovado pelo COMDEPHAASC, conforme prevê a Lei Municipal 13.864 de 06 de setembro de 2006.

 

O que é o tombamento?

O tombamento é um instrumento legal de proteção, que visa a preservação de um bem ou conjunto de bens culturais. É uma das formas possíveis de preservar os bens do nosso patrimônio cultural. Pode ser feito pela União, pelos Estados e pelos Municípios e é aplicado aos bens materiais do patrimônio cultural, e está definido e regulamentado na Constituição Federal e em várias leis específicas.

O Tombamento é a primeira ação a ser tomada para a preservação dos bens culturais, na medida em que impede legalmente a sua destruição. Um bem ou conjunto de bens é tombado porque, ao longo de sua história, reuniu características que o fizeram um exemplar único e notável para a memória de uma região, além dos valores que possui para seus moradores. Quando um bem ou conjunto de bens é tombado pelo poder público, eles estão sendo valorizados e reconhecidos, e devem ser protegidos, conservados e divulgados.

 

"Somos Esporte!" no Museu de São Carlos

MUSEU DE SÃO CARLOS ESTREIA SUA NOVA EXPOSIÇÃO "SOMOS ESPORTE!"

 

O Museu de São Carlos abriu ao público a exposição "Somos Esporte! São Carlos e as práticas do corpo". Na solenidade de abertura estiveram presentes o Prefeito Paulo Altomani e demais autoridades, além de um grande número de esportistas que contribuíram com o projeto da exposição.

A exposição “Somos esporte!” retrata a história das práticas do corpo na cidade de São Carlos e algumas das diferentes formas de interação da população são-carlense com elas. Partindo da história do esporte no Brasil atrelada a importantes acontecimentos políticos nacionais, faz uma abordagem do esporte desde as corridas de cavalo nos hipódromos no final do século XIX, até as práticas da atualidade.

Parte do acervo exposto pertence ao Museu de São Carlos, e a outra parte é resultado da parceria com atletas e instituições, os quais nos confiaram seus objetos para que pudéssemos materializar este projeto.

Segundo a Chefe da Divisão de Preservação do Patrimônio Material e Imaterial, Luana Viera, “a opção de falar sobre esporte além de se relacionar com as linhas de trabalho do Museu, é mais um passo do Museu de São Carlos em direção à aproximação com seus públicos e o diálogo com a contemporaneidade”.

A exposição poderá ser visita até o dia 24 de dezembro, das 10h às 16h. Entre os dias 25 de dezembro e 02 de janeiro de 2017 o prédio estará fechado para a dedetização anual, retornando as atividades no dia 03 de janeiro, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 17h.

Mais informações e agendamento de visitas guiadas podem ser alcançados pelo telefone 3373-2700, ramal 313, e pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

 

 

Entrega das Obras de Acessibilidade

PRÓ-MEMÓRIA E IPHAN ENTREGAM AS OBRAS DE ACESSIBILIDADE NO PRÉDIO DA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

 

No último dia 20 de dezembro, a Pró-Memória e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional entregaram as obras de acessibilidade realizadas no prédio da estação ferroviária de São Carlos através de Convênio assinado em 2013. Estiveram presentes a solenidade as representantes do IPHAN-SP, Carolina Pádua e Andressa Cyrillo, o Prefeito Paulo Altomani, a Primeira-Dama Alice Altomani e demais representantes do poder público local.

O projeto previu diferentes obras de adequação de áreas de guarda do Arquivo Público e Histórico (APH-FPMSC), a criação de salas de ação educativa e oficinas e adaptações do prédio aos portadores de necessidades especiais. Foram implementadas as seguintes obras:

 

- reforma da garagem e instalação da oficina de marcenaria

- reforma dos sanitários da plataforma da estação e criação de um banheiro acessível

- reforma de áreas de guarda do APH-FPMSC para a criação de salas de ação educativa

- instalação de estantes deslizantes em áreas de guarda do APH-FPMSC

- construção de rampa de acesso com cobertura à plataforma da estação

- reforma e adequação de calçada da estação para acessibilidade

- instalação de piso acessível na área do Jardim da Estação

 

Em 2017, ainda estão previstas as instalações de piso tátil na plataforma da estação e de um mapa tátil, atendendo necessidades dos visitantes com deficiência visual.

Segundo a direção da Pró-Memória, "todas as ações envolvidas nesse projeto qualificaram o espaço físico da estação, permitindo o aumento da frequência de público e a revitalização das áreas de entorno. A estação ferroviária de São Carlos, que já era um espaço de interesse da população local e dos visitantes, passa a um novo estágio... um centro cultural acessível e aberto a diferentes público".

 

 

Lançamento do Livro “Histórias Curiosas de São Carlos”

PRÓ-MEMÓRIA E ESTÚDIO LUCIDI LANÇAM O LIVRO “HISTÓRIAS CURIOSAS DE SÃO CARLOS”

 

No próximo dia 15 de dezembro acontecerá o lançamento do livro “Histórias Curiosas de São Carlos”, fruto da parceria entre Fundação Pró-Memória e Estúdio Lucidi.

O projeto “Histórias Curiosas de São Carlos” nasceu da proposta em destacar as pequenas histórias e causos contados principalmente pelos mais velhos, quando rememoram seus passados ou fazem suas rodas de conversa. Tais histórias trazem modos de viver, pensar e interpretar o cotidiano e o desconhecido de forma peculiar e que, muitas vezes, são estranhos ao que hoje compreendemos e vivemos como “normal”.

Os casos e causos relatados pelos mais velhos – ou rememorados pelos mais jovens – não apenas têm a função de integrar quem os ouve, mas marca memórias e tradições da região em que vivem. A transmissão desses conhecimentos e experiências aos ouvintes oferecem percepções distintas sobre a construção desse lugar em que estão todos inseridos social e espacialmente.

O projeto foi realizado pela Pró-Memória em parceria com o Estúdio Lucidi, escola de desenho que, por meio de uma iniciativa de seu proprietário Filipe Lucidi, já havia desenvolvido histórias em quadrinhos sobre o que ouviu, enquanto criança, dos moradores do bairro do Monjolinho (atual Vila Celina). A parceria amadureceu e ampliou o escopo das narrativas, dando origem ao livro “Histórias Curiosas de São Carlos”. Nessa obra, misturam-se relatos, quadrinhos e ilustrações que dão cores e formas aos causos, personagens e historietas contados pelos entrevistados de diferentes regiões da cidade.

 

HISTÓRIAS CURIOSAS DE SÃO CARLOS

Dia: 15 de dezembro de 2016

Horário: 18h30

Local: Estúdio Lucidi (Rua Major Manoel Antônio de Mattos, 1231, Jd. Ricetti, São Carlos/SP)

 

Publicações FPMSC

No dia 29 de novembro, a Fundação Pró-Memória lançou quatro novas publicações: A morada dos mortos; Praças de São Carlos - edição atualizada; A Guerra Civil de 1932; e Guia de Fundos e Coleções.

As obras foram desenvolvidas por diferentes setores da Pró-Memória e, excetuando o “Guia de Fundos e Coleções”, estarão disponíveis para venda.

Os livros podem ser encontrados na Loja do Museu de São Carlos, das 9h às 11h. A Loja fica na plataforma da estação ferroviária de São Carlos (Praça Antonio Prado, s/n, Centro, São Carlos/SP). 
 

 

 

 

 

 

A MORADA DOS MORTOS
Julio R. Osio (DPD-FPMSC)

A morada dos mortos: trata de aspectos históricos dos cemitérios municipais de São Carlos entre 1957 e 1930.

 

Preço: R$ 25,00

 

 

PRAÇAS DE SÃO CARLOS
Divisão de Pesquisa e Divulgação (DPD-FPMSC)

Edição atualizada do livro de mesmo título, lançado em 2014, e que traz informações sobre as diversas praças do Município. A pesquisa, coordenada pela historiadora e chefe da Divisão de Pesquisa e Divulgação, Leila Massarão, vem sendo realizada desde 2004 e é um projeto contínuo da instituição..

 Preço: R$ 10,00

 

 

 

A GUERRA CIVIL DE 1932
Museu de São Carlos e DPD-FPMSC

Livro-catálogo da exposição de mesmo nome produzida pelo Museu de São Carlos e que ficou disponível ao público entre maio de 2015 a agosto de 2016.

 

 

Preço: R$ 15,00

 

 

 GUIA DE FUNDOS E COLEÇÕES
Divisão de Arquivo e Documentação (DAD-FPMSC)

 O “Guia de Fundos e Coleções” foi desenvolvido pela Divisão de Arquivo e Documentação e traz uma descrição dos principais fundos e coleções documentais que compõem o acervo da FPMSC. Esta é a 3ª edição atualizada do “Guia”.

 

Distribuição gratuita

 

 

Mais informações pelo telefone (16) 3373-2700 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

 

 

Topo